Bromélias | Flores Tropicais

      Exóticas e possuindo uma enorme diversidade de cores e tamanhos, as bromélias são muito utilizadas nos projetos de paisagismo ou como planta ornamental.      
     Das espécies de Bromélias podemos destacar o Ananas comosus (L.) Merril, popularmente conhecido como Abacaxi ,muito apreciado na alimentação, como produtora de bebidas, doces e sobremesas.O abacaxi, chegou à mesa dos europeus após a segunda viagem de Cristovão Colombo à América.
    Outra espécie de grande valor econômico é o “caroá-verdadeiro”, utilizada como produtora de fibras. 

     Na medicina natural, como digestiva, depurativa e com outras funções, tem-se o uso da enzima “bromelina”, presente em algumas espécies do gênero Bromelia.

    A família Bromeliaceae Juss é essencialmente neotropical com exceção de uma única espécie, que ocorre no oeste do continente africano no Golfo da Guiné,possui 3010 espécies distribuídas em 56 gêneros.
      As espécies de Bromeliaceae ocorrem em latitudes tropicais e subtropicais das Américas nas mais variadas condições de altitude, temperatura e umidade.

     A família destaca-se como um dos principais componentes da flora e da fisionomia dos ecossistemas brasileiros abrigando aproximadamente 36% das espécies catalogadas. Possui vários gêneros endêmicos, alguns deles encontrados exclusivamente na Floresta Atlântica
    Bromeliaceae é constituída por plantas terrestres, rupícolas e epífitas, geralmente herbáceas, variando de plantas delicadas e de pequeno porte com alguns centímetros de comprimento, até plantas de grande porte, como Puya raimondii Harms, encontrada nos Andes, que chega a atingir mais de 10 metros de altura.
      Apresentam em geral inflorescência vistosa e folhas distribuídas em roseta, usualmente com bainha alargada na base, propiciando a formação de um reservatório de água e nutrientes , cujo papel eco fisiológico é de grande importância, tanto na nutrição das bromélias, como em constituir um micro ambiente onde habitam animais diversos, desde formigas, sapos, aracnídeos, serpentes, dentre outros.
    As bromélias são imprescindíveis para garantir o equilíbrio ecológico de toda a região. E no desempenho desse papel eles são, realmente, incríveis. "Nas florestas tropicais da América existem verdadeiros pântanos suspensos sobre as árvores", onde uma variedade enorme de animais aquáticos, típicos habitantes de pântanos e lagoas, consegue viver a 30 metros de altura, junto às copas das árvores. Desde microscópicos protozoários e larvas de insetos até pequenos vertebrados, como os sapinhos arborícolas, sobrevivem naquela altura graças a pequenas quantidades de água de chuva ou de orvalho acumuladas pelas bromélias.

    As bromélias não são parasitas como muitas pessoas pensam. Na natureza, aparecem como epífitasrupículas.

    Podemos afirmar que compõem uma das mais adapitáveis famílias de plantas do mundo, pois apresentam uma impressionante resistência para sobreviver e apresentam infinitas e curiosas variedades de formas e combinações de cores. 

Bromélia x Dengue
    Segundo a Sociedade Brasileira de Bromélias:As bromélias não são criadouros preferenciais. Mas, com o avanço da moléstia, à mercê de um enorme descuido das autoridades de saúde, a ordem agora é enfrentar o mosquito e não deixar que as bromélias sejam estigmatizadas e transformadas em bodes expiatórios. Veja mais detalhes de como cuidar de suas bromélias e evitar o mosquito da Dengue no site da Sociedade Brasileira de Bromélias (SBBr)


Glossário
Vegetação Epífitas :são plantas que vivem sobre outras plantas.Simplesmente apoiando-se em outro vegetal para obter mais luz e mais ventilação
Vegetação Rupícola :Vegetação que se desenvolve sobre pedras.  


 fonte:  Wikipédia : Bromeliaceae 
           Sociedade Brasileira de Bromélias (SBBr). 
 foto :   Floricultura Rebeca Flores Alphaville

Nenhum comentário:

Postar um comentário